Breves VIII


  • Em Portugal, o desejo de se ser escritor atingiu um tal patamar de desespero/disparate que até há quem “sugira” que sejam feitas petições para que os seus escritos sejam publicados! A parvoíce parece não ter limites! Haja algum bom-senso, please!
  • O Rafael Loureiro (Triologia Nocturnus) tem por aí um teaser/projecto cinematográfico: Pimpinha Jardim??? What the…? Agradeço esclarecimentos. Obrigada!
  • O melhor do Fantástico português em 2010. Já sabem que tudo o que se assemelhe a Barbara Cartland ou Stephanie Meyer nem sequer merece a minha referência. Bem, se isto fosse uma entrega de prémios, o de Horror estava entregue a David Soares, pois nesse sub-género, a concorrência está a anos-luz.   No que diz respeito ao sector feminino, até há quem escreva bem, o pior são os enredos! Demasiadas influências da TV Globo? Das Winx? Pronto, parecem-me demasiado “panhonhas”! Os homens são bem representados por nomes como Ricardo Pinto e Martin S. Braun, mas até a estes ainda falta um “click” para uma dimensão que ultrapasse a do nicho em questão.  Mas também os há “panhonhas”, repetitivos e aborrecidos! De facto, numa visão mais geral, chateiam-me por demais os bonzinhos, os mauzinhos, as princesinhas virginais, as teenagers imbecis e ocas, as meninas inocentes que se tornam heroínas por artes mágicas, os vampiros andróginos, os feiticeiros abanando as varinhas, os orcs, os elfos, os anões, os deuses nórdicos e toda essa manada de personagens fotocopiadas até à exaustão! Quero originalidade! Quero personagens (em especial femininas) com garra e e neurónios! Espero que 2011 traga algo diferente! (Atenção que ando um pouco desactualizada com tudo quilo que é editado em Portugal mas, do que li, tiro estas constatações)
Anúncios
Esta entrada foi publicada em David Soares, Escritores Portugueses, Martin S. Braun, Rafael Loureiro, Ricardo Pinto. ligação permanente.

3 respostas a Breves VIII

  1. 1 – Entre fazer petições e ter uma mãezinha nas editoras venha o diabo e escolha… Pessoalmente, acho que isso é dar um tiro no pé, mas enfim…

    2 – Realmente… Pimpinha Jardim??? Por falar em tiros no pé…

    3 – Entre todos este defeitos aquele que me preocupa mais é a ausência de personagens femininas fortes.

    http://cronicasobscuras.blogspot.com/

  2. Cada um recebe aquilo que merece. LOL 🙂
    Talvez seja por ter o link…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s